A poesia vai à escola, ao cinema e ao shopping. Ainda frequenta livrarias, mas também se apresenta em restaurantes e laboratórios, passeia de ônibus, anda de elevador, se olha no espelho.

Lançado em abril de 2009, o Cidade Poema une a poesia às demais artes no objetivo de colocar a literatura na vitrine, em iniciativas que vão de outdoors a pequenos imãs de geladeira, de minimetragens poéticos a bolachas de chope, passando por busdoors (adesivos nos vidros de trás de ônibus), intervenções, performances teatrais, saraus, livros, exposições, adesivagem de locais públicos.
 


Notícias

Confira aqui as principais iniciativas do projeto

Cidade Poema exibe poetas em fotos, ilustrações e vídeos

Mitologia em versos: Série PoeMitos

Primeiro livro online do Cidade Poema é gratuito e está disponível aqui

Poesia no gabinete: Fernando Pessoa está no escritório de Adeli Sell



Acessos: 45288


Realização

LAÍS CHAFFE

Apoios

Parcerias